Notícia O doce reconhecimento de quem é doce

Imagem da notícia O doce reconhecimento de quem é doce

O doce reconhecimento de quem é doce

Por: Suelen Dal Piva

Na semana onde foi lançada a campanha da Fraternidade cujo tema diz respeito às Políticas Públicas o Poder Legislativo de Barão de Cotegipe homenageou o Pe. Jossi Golembiewski ex-vigário e administrador da Paróquia Nossa Senhora do Rosário como forma de agradecimento ao estupendo trabalho realizado à comunidade cotegipense, o padre despediu-se da Igreja Nossa Senhora do Rosário em fevereiro de 2019 para desempenhar suas funções em outra paróquia.

Poderíamos iniciar essa matéria enaltecendo os membros do Poder Legislativo todavia estaríamos fugindo do intuito maior de hoje, não por não ser nobre a atitude de agradecimento ao vigário, mas por ter algo ainda mais especial para agradecer e reconhecer. Estamos aqui hoje para falar de alguém que comanda os eventos mais rotineiros e que aguça nossa percepção e faz com que fiquemos mais próximos de nós mesmos, estamos aqui hoje para falar do Pe Jossi Golembiewski como forma de agradecimento pela sutileza de seu trabalho realizado à todas as Gabrielas, Eduardos, Anas, Pedros, Joãos... de nossa comunidade.

O vigário Pe. Jossi Golembiewski que ingressou na paróquia do município em 2015 e em pouco tempo conquistou uma legião de crianças e jovens, além dos adultos e idosos, foi Coordenador do grupo de da Infância e Adolescência Missionária (IAM) e responsável pelo ingresso de inúmeros coroinhas à Igreja Nossa Senhora do Rosário de Barão de Cotegipe. Em sua trajetória deixou muitas lembranças inclusive o colorido do terço colossal que carrega as cores da IAM (Infância e Adolescência missionaria) estampado no altar da Igreja que segundo o próprio padre simboliza as cores e a presença das crianças e adolescentes na igreja. Foi também idealizador responsável pela Festa dos Ceifeiros na comunidade São Miguel – Linha 6 que objetivou a ação de graças pelas colheitas dos agricultores, ele que cativou e guiou à todos por onde passou, das crianças aos jovens, adultos e idosos inclusive os acamados que visitava domiciliarmente, sempre pregando a doçura, o amor e a paz.

Visto a gratulação da comunidade para com o Padre Jossi o vereador Luiz Eduardo Giacomel protocolou um requerimento na Secretaria da Câmara solicitando a homenagem que foi aprovada com 100% de aprovação dos demais vereadores, afinal o padre é reflexo de unanimidade de aprovação. Diante de tantas boas referências e benevolência o Poder Legislativo num todo não poderia deixar à francesa a saída do estimado Pe Jossi Golembiewski e então preparou uma singela homenagem na última sessão ordinária (04) idealizada e exteriorizada pela assessora Jane Iankevicz que levou o vigário às lágrimas e emoção.

Cremos que padre não veio somente com o intuito de abençoar o pão e vinho através de seu chamado particular pela Igreja Católica, acreditamos que ele possui o dom de abençoar também a alma das pessoas e despertar sentimentos puros, doces e bons, por isso o título de “O doce o reconhecimento de quem é doce”, é pelo inegável e bela incumbência de pregar o amor, a paz e a bondade que tanto necessitamos nos dias de hoje,  além do mais em tempos que o “empoderamento” das mídias sociais fazem grande parte das pessoas dizerem o que querem e que as ferramentas que deveriam servir para unir pessoas são utilizadas avessamente, faremos uma reflexão e vamos nos encorajar e incitar o amor a aqueles que merecem nosso reconhecimento e gratidão e empatia.

 

 



    Imagens da Notícia

    Vereadores Relacionados